sábado, 16 de janeiro de 2010

Espaço reservado à loucura


-->

Todos sabem que de louco todo mundo tem um pouco. Alguns se assumem dessa forma, outros têm vontade de se libertar, mas nunca o fazem e isso faz com que se tornem pessoas frustradas por não fazer o que lhe dá na telha.

Segundo o dicionário Aurélio louco é: alguém que perdeu a razão; que está fora de si; um alucinado que não tem bom senso; que não se porta de maneira conveniente; é esquisito; diz coisas absurdas; é imprudente; que foge às regras da normalidade। Bem, para mim ser louco é muito mais do que isso. A loucura é o portal para a felicidade mesmo que momentânea, representada por aqueles momentos em que nos sentimos verdadeiramente livres. Algumas pessoas perdem o tempo dizendo que as outras são loucas, simplesmente porque gostariam de ter a mesma coragem para cometer alguns desatinos de vez em quando, como: dançar nas ruas, correr no meio da avenida, andar em cima do muro e dos paralelepípedos, gritar pelas ruas, sair com os amigos pela madrugada, cantar e falar alto no coletivo e etc. Pessoas excêntricas são demais, parecem complexas e isso é bom, pois tudo que é complexo é inteligente e faz com que você fique analisando, que se perca e que se ache em meio as suas leituras. Elas simplesmente não ligam para os que as vêem ao contrário e também não precisam de um conjugue ou namorado para desbravar o mundo em meio as suas sensações e se sentir feliz, são impulsivas e sabem que é preciso aproveitar o momento, pois a vida é cheia de armadilhas. Elas guardam as lembranças do ontem e têm certeza do hoje. Também se apaixonam e sofrem é claro, porem não ficam rastejando por uma paixão e agem como se aquela fosse a última pessoa do mundo. O considerado louco vive a dualidade de ser amado e odiado pelos outros, tem sempre algum amigo por perto e, com certeza, apresenta um convite para a diversão. Para finalizar. Por trás de todo louco sempre existe uma pessoa totalmente consciente.

Eu adoro pessoas excêntricas !!!!!

Não tenha medo de andar na corda bamba e de que lhe achem diferente! A vida já é muito complexa para perdermos tempo com isso!
Por Arali Moura


2 comentários:

  1. Será que eu também sou um louco, das selvas?

    ResponderExcluir
  2. Bem, se for sinta-se bem por ser uma pessoa feliz independente de barreiras!

    ResponderExcluir

Seguidores